“AXL SEMPRE FOI ATENCIOSO COMIGO”, DIZ BRIAN MAY

25 03 2011

Enviado por: Bernardo Marcondes
Fonte: Blabbermouth

O guitarrista do Queen, Brian May, recentemente respondeu algumas perguntas enviadas pelos leitores da revista britânica “Uncut”. Quando questionado sobre como acabou se envolvendo com na produção do “Chinese Democracy”, do Guns n’ Roses (em 1999, May gravou um solo de guitarra para a faixa “Catcher in The Rye”, mas seu trabalho foi removido, da mixagem final da música), ele respondeu:

“Não me lembro quando conheci Axl, mas nós os convidamos para tocar no tributo a Freddie em 1992. Eles fizeram um trabalho fantástico e também doaram muito dinheiro ao Mercury Phoenix Trust. Após isso, minha banda solo abriu para o Guns n’ Roses numa turnê, e nos demos muito bem”. May continua, “as pessoas pensam em Axl como uma pessoa difícil, mas comigo ele sempre foi bem atencioso”.

“Quando eles estavam gravando este álbum (Chinese Democracy), após não sei quantos anos, eles estavam conversando com Roy Thomas Baker (antigo produtor do Queen), que estava trabalhando com eles na época, e eles tiveram a idéia de me contatar para ajudá-los a criar um direcionamento. Peguei um avião para encontrá-los e ele mostrou o álbum inteiro para mim. Tivemos uma longa noite, conversado, pensando, tentando descobrir direcionamentos em potencial, e então passei alguns dias apenas experimentando coisas. Acho que toquei em duas canções e meia, mas eles acabaram não usando as minhas partes. Eles usaram cerca de 10 guitarristas após isso! Tenho umas mixagens cruas destas faixas em algum lugar do meu arquivo, mas não deixarei ninguém escutar, em lealdade para com Axl”.

“Foi divertido aparecer com algumas idéias para ajudar um amigo”.


Ações

Information

8 responses

25 03 2011
Roberto A

O Rock in Rio seria uma boa oportunidade/pretexto pro Axl soltar algo novo, mas isso se a banda agisse com um mínimo de normalidade, claro, o que sabemos que não existe.

27 03 2011
Gabriel Gonçalves

rs… É verdade, Robertão. Seria uma boa Axl lançar um CD/DVD deste show, mas não creio que vá acontecer. Abração, meu velho!

25 03 2011
TERESA

Gosto do Brian May, ele parece ser o mais centrado do Queen.

27 03 2011
Gabriel Gonçalves

Oi Teresa! Brian é um clássico lord inglês, rs. Se bem que no Queen, tirando Freddie, acho que os caras eram bem discretos. Bjão!

28 03 2011
TERESA

É verdade….mas admiro muito o Fred Mercury e os outros, eles são demais…

28 03 2011
Gabriel Gonçalves

Eu também, Teresa… O Queen é uma das minhas bandas preferidas. Em 2008 fui a SP para ver o show deles com Paul Rodgers no vocal, e no dia seguinte os encontrei no aeroporto (eu estava voltando para Salvador) e consegui tirar uma foto com o Brian May (esqueci todo meu inglês na hora, rsrsrsr). Bjão!

28 03 2011
TERESA

Eu imagino, a emoção, quando a gente admira o nosso ídolo, deve ser muito grande…

29 03 2011
Gabriel Gonçalves

Nem fale, Teresa… Fiquei congelado quando encontrei o Brian May, rs. Bjão!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: