LIAM GALLAGHER FALA DE SUA NOVA BANDA

28 01 2011

Fonte: Spin

O site da revista “Spin” conduziu uma entrevista com Liam Gallagher e Gem Archer, ambos ex-Oasis e atualmente no Beady Eye. Os músicos falam sobre a nova banda, fim do Oasis, gravação do álbum de estréia, dentre outros assuntos.

Confira a matéria completa, em português,  com exclusividade no IMPRENSA ROCKER!

“Eu quero estar na melhor banda do mundo novamente”, diz o ex-frontman do Oasis, Liam Gallagher.

Aos 38 anos, Gallagher está tentando recuperar sua glória no Rock com o Beady Eye, sua nova banda com dois outros membros do Oasis, que irá lançar seu álbum de estréia, “Different Gear, Still Speeding”, em 1º de março nos Estados Unidos, via “Dangerbird Records”.

Mas como uma das mais notórias estrelas do Rock chegou aqui? Tudo começou com uma briga.

Em agosto de 2009, apenas alguns minutos antes do Oasis tocar para 40 mil fãs no festival “Rock em Seine”, em Paris, a antiga tensão entre Liam e seu irmão Noel, o compositor principal da banda, voltaram à tona. Socos foram desferidos e guitarras foram quebradas, então Noel saiu abruptamente e o show foi cancelado. 

“Ele estava agindo como uma velha avó por toda a turnê, e ele achou que eu tinha sido um babaca”, explica Liam. “Nós fomos às vias de fato e foi o fim”. Noel soltou uma declaração logo após o incidente, anunciando sua permanente saída do Oasis, escrevendo: “Eu simplesmente não poderia continuar a trabalhar com Liam nem um dia a mais”.

“Não nos falamos desde aquela noite”, diz Liam. “Mas quem sabe, talvez no futuro isto se resolva sozinho. Se for para acontecer, então irá”.

Pouco após a briga, Liam e os ex-guitarristas do Oasis, Gem Archer e Andy Bell, saíram e tomaram algumas cervejas. “E decidimos seguir em frente. A idéia de ficar sentado em casa, sem fazer música, me fazer querer vomitar”.

Eles formaram o Beady Eye junto com o baterista da turnê do Oasis, Chris Sharrock, e começaram a gravar demos para o álbum de estréia. Mas desta vez o sucesso está a cargo deles. Noel carregou o Oasis, compondo a maior parte do material da banda, incluindo oito singles nº 1. Mas Liam está convencido de que o Beady Eye pode superar isto.

Pela primeira vez em sua carreira de 20 anos, Liam agora está contribuindo regularmente com idéias para composições, dividindo os créditos com Archer e  Bell em “Different Gear, Still Speeding”. “Nunca fiz um disco sem nosso garoto (Noel)”, diz. Archer interrompe: “Mas ainda é a mesma guitarra, do mesmo jeito. Está em nosso DNA agora”.

“Estamos à altura do desafio”, acrescenta Liam.

O Beady Eye entrou nos estúdios “Rak”, ao norte de Londres, no último verão (Nota do Tradutor: Verão do hemisfério norte) para gravar, tendo o produtor Steve Sillywhite (vencedor do Grammy e produtor de bandas, como U2, Dave Matthews Band e The Smiths). O quarteto gravou 13 canções em 12 semanas, fazendo intervalos para curtir um dos seus discos preferidos atualmente – o “Brothers” do Black Keys -, ou para ir ao pub torcer para a Inglaterra na última Copa do Mundo. “Foi uma boa época para se estar no norte de Londres”, diz Archer.

“Uma vez Liam até comprou um bilhete da loteria, de brincadeira, e acabou ganhando uns trocados – não que ele precisasse” (os dois riem).

Eles gravaram as músicas no mínimo de takes possíveis, para preservar a qualidade “ao vivo” do som. “Não ficamos sentados brigando com a coisa toda”, diz Liam. “Fazíamos uns dois takes e seguíamos em frente”.

Entre as faixas estão a jam Glam Rock “Bring The Light”, uma “música de festa”, diz Liam, “que apenas significa, ‘vamos nessa, cara’”; e a balada com piano a la Beatles, “The Roller”: “É uma metáfora para como as coisas são jogadas na sua vida”, diz Liam. “E como elas não são tão ruins como aparentam ser”, completa. 

As faixas, segundo Liam, são Rock n’ Roll clássico. “Você gosta ou não gosta”, diz ele sobre o estilo de composição da banda. “Nem todo mundo pode dizer, ‘irei escrever um clássico hoje’. Se fosse assim, todos estaríamos fazendo”.

Com o tecladista Matt Jones e o baixista Jeff Wootton juntando-se a eles, o Beady Eye irá cair na estrada em março, tendo Miles Kane como banda de abertura, que toca no Last Shadows Puppets junto com Alex Turner do Arctic Monkeys. Então, neste verão, o Beady Eye irá cruzar a fronteira para uma turnê relativamente intimista, em teatros para 1500 ou 2000 mil pessoas. “Iremos a todos os lugares e enfiaremos este álbum guela abaixo nas pessoas, mas de um jeito legal”, diz Liam.

Enquanto isto, Noel está preparando sua estréia solo. Mas o Oasis irá se reunir algum dia? “Isto não irá acontecer, cara”, diz Liam. Mesmo porque ele está convencido de que o Beady Eye brevemente irá igualar, se não ultrapassar, o sucesso de sua antiga banda.

“Sem dúvida”, diz. “Apenas estamos fazendo de um jeito diferente agora. A paixão nesta banda… Não há ninguém para superá-la. É como num time de futebol: você quer ganhar o campeonato”.


Ações

Information

8 responses

28 01 2011
Jurandir Barbosa

é… se ele não fizer o mesmo blablabla do Oasis…
espero que seja algo totalmente na contra-mão do Oasis.
espero que eles sejam menos rosa-chok

28 01 2011
Gabriel Gonçalves

Fala, Jurandir! Eu escutei uma música deles – se chama “Four Letter Word” – e achei bem legal. Não sou grande fã do Oasis, mas tem algumas músicas que eu curto. Acho que o Beady Eye tem realmente chances de bater o Oasis. Vamos ver… Abração, cara!

28 01 2011
BERNARDO

Fala Gabriel… baum demais ?

Desculpe , sei q noticia não tem nada a ver com a matéria acima , mas fiquei surpreso com a noticia q saiu agora ha pouco no site rock em geral.

FODA DEMAIS!!!!!!!!!!!!!🙂
ele sim é o cara certo p/ banda.

O vocalista do Slipknot e do Stone Sour, Corey Taylor, pode ser o nome escolhido para assumir o posto de cantor no Velvet Revolver. Em uma entrevista concedida ao site da edição americana da revista “Billboard”, Taylor foi perguntado se é ele o “vocalista conhecido” que vem ensaiando com os integrantes do Velvet Revolver, e não disse nem “sim” nem “não”. “Continua…”, disse Taylor, usando a expressão consagrada em filmes e novelas para sugerir uma continuação. O texto diz que o vocalista respondeu à pergunta com certo deboche – clique aqui para ler a íntegra da reportagem, em inglês.

Por mais de uma vez integrantes do Velvet Revolver disseram que têm ensaiado com um vocalista conhecido de todos. De outro lado, em várias oportunidades Corey Taylor tem demonstrado certo desinteresse em seguir no Slipknot sem o baixista Paul Gray, morto em maio do ano passado. O certo é que Corey Taylor vem ao Brasil para o Rock In Rio, onde se apresenta com o Slipknot e com o Stone Sour, em dias diferentes.

FONTE:

http://www.rockemgeral.com.br/2011/01/28/vocalista-do-slipknot-pode-ser-novo-cantor-do-velvet-revolver/

29 01 2011
Gabriel Gonçalves

Fala, Bernardo! Pois é, exatamente o que tinha na matéria que você enviou do Blabbermouth. Se realmente for ele, vamos ver o que a banda nos trará. Abração, meu velho!

29 01 2011
Marcos Gonçalves

O disco do Beady Eye já saiu? Também só ouvi uma música e achei boa, mas não acho que bate o OASIS, pois o Noel era que quem dava os toques mais criativos. Mas vamos ver, pelo menos eles estão com muita vontade e isso ajuda. Esse Andy Bell não era aquele carinha do Erasure? Se for, é um bom compositor. Estilos musicais à parte, ele ajudou a compor vários hits eletrônicos naquela banda, se não estou enganado.
Abraços

29 01 2011
Gabriel Gonçalves

Fala, Marquêra! Este Andy Bell não é o mesmo do Erasure, não. Se não me engano o Andy Bell do Erasure anunciou há alguns anos que era HIV positivo – não sei nem se ainda está vivo. Quanto ao álbum do Beady Eye, estou bem cuioso para escutar, já que acho que Liam tem uma veia mais Rock n’ Roll do que Noel, que puxava mais para as baladas, mas vamos ver… Abração, meu velho!

2 02 2011
Helton

Esse Beady Eye já me interessou mais que o Oasis…

2 02 2011
Gabriel Gonçalves

Fala, Heltão! Cara, eu também tô bem curioso quanto ao Beady Eye. Vamos ver se vem algo bom por aí. Abração, cara!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: