O DIA DE HOJE NA MÚSICA: 16 DE NOVEMBRO

16 11 2010

Fonte: This day in music

Nasceram na data de hoje:
1938: Troy Seals (James Brown’s Band)
1943: Winfred Lovett (The Manhattans)
1962: Gary ‘Mani’ Mounfield (The Stone Roses)
1965: David Kushner (Velvet Revolver)

Em 1962, os Beatles gravaram sua segunda aparição na radio “Luxembourg”, para ao programa “The Friday Spectacular”. A banda foi entrevistada e tocou ao vivo. Os dois lados do seu single mais recente – “Love Me Do” e “P.S. I Love You” – foram tocados.

Em 1968, o Jimi Hendrix Experience chegou ao topo das paradas norte-americanas, com o álbum “Electric Ladyland”. O álbum duplo incluía “Crosstown Traffic”, “Voodoo Chile” e “All Along the Watchtower”, e contou com as participações especiais de Dave Mason, Steve Winwood e Al Kooper.

Em 1968, o Led Zeppelin fez sua primeira apresentação no norte da Inglaterra, tocando no “College of Science & Technology”.

Em 1971, Frank Zappa apareceu no programa de TV semanal da Inglaterra “Old Grey Whistle Test”, tocando ao vivo e mostrando clipes do seu filme “200 Motels”.

Em 1971, durante uma turnê britânica, o Led Zeppelin se apresentou no “Baths Hall”, Ipswich, Inglaterra. Os ingressos custaram £1.

Em 1974, John Lennon estava no topo das paradas norte-americanas com o single “Whatever Gets ou Through The Night”. Elton John participou da sessão de gravação da música e fez um acordo com Lennon: se a canção chegasse ao nº 1, Lennon teria que fazer uma aparição num show de Elton. Lennon cumpriu o acordo e tocou três canções num show do pianista: “I Saw Her Standing There”, “Lucy In The Sky With Diamonds” e “Whatever Gets You Through The Night”. Após o concerto, no backstage, John e Yoko reataram seu relacionamento após uma separação temporária.

Em 1976, o Beach Boy Brian Wilson concedeu sua primeira entrevista formal em oito anos, no programa de TV “Old Grey Whistle Test”, da BBC 2.

Em 1978, o The Clash se apresentou no “Odeon Theatre”, em Edimburgo, Escócia. O show de abertura ficou a cargo do The Splits.

Em 1985, o U2 lançou seu próprio selo de gravação, o “Moher Records”.

Em 1987, o ex-baterista do The Clash, Topper Headon, foi sentenciado a 15 meses de prisão, por ter fornecido heroína para um homem que acabou morrendo.

Em 1988, o antigo empresário dos Beach Boys Stephen Love foi sentenciado a cinco anos de condicional por roubar quase US$ 1 milhão da conta do grupo.

Em 1989, Stevie Nicks e Richard Marx se apresentaram no “The NEC”, em Birminghan, Inglaterra.

Em 1996, o álbum “Anthology 3”, dos Beatles,  chegou ao topo das paradas britânicas.

Em 1999, Grad Owen, guitarrista da Gene Vincent and His Blue Caps, morreu. Ele participou das gravações do hit “Be Bop A Lula”, single nº 7 nos Estados Unidos e nº 16 no Reino Unido em 1956.

Em 2000, Elton John disse à Suprema Corte de Londres que seu ex-amante e empresário John Reid o traiu com relação a despesas de turnês. O cantor disse que Reid foi pego em flagrante. Elton estava processando Andrew Hadon, antigo diretor de gestão da “John Reid Enterprises” alegando que Haydon foi negligente em permitir que a JREL o cobrasse em alguns milhões em gastos de turnê.

Em 2002, o multibilionário texano David Bonderman contratou os Rolling Stones para tocar em seu aniversário de 60 anos, realizado no “Hard Rock Hotel” em Lãs Vegas. As despesas com a banda somaram US$ 4,4 milhões.

Em 2006, o álbum “Greatest Hits” do Queen foi declarado o disco britânico mais vendido de todos os tempos pela “Official UK Charts Company”. O registro foi levantado através dos dados de venda dos últimos 50 anos, e mostrou que a coletânea havia vendido 5.407.587 cópias. Os Beatles ocuparam a segunda posição com “Sgt. Pepper’s Lonely Heart’s Club Band”.

Anúncios

Ações

Information

4 responses

16 11 2010
Roberto A

você esqueceu de mencionar a diarréia que o marcelo nova teve nesse dia, devido a uma overdose de caipirinha e feijoada.

16 11 2010
Gabriel Gonçalves

rs… Como este é um site de família, achei melhor não mencionar isto. Abração, meu velho!

18 11 2010
Marcos Gonçalves

Duas coisas em relação ao discaço do Queen. A primeira, é que, segundo um outro tipo de classificação, o Album Branco dos Beatles é o mais vendido, pois contam cada exemplar como duas cópias. Mas esse Greatest do Queen é histórico. É o disco que ouço há mais tempo – desde criancinha, ou seja, nem os Beatles eu ouço há tanto tempo. E hoje desprezo muitas das coisas que eu ouvia nos anos 80. Esse disco do Queen não! Continua sendo uma das obras que mais admiro, o que significa que, além de muito bons, eles são atemporais, como os Beatles. Pelo menos para o meu gosto.

18 11 2010
Gabriel Gonçalves

Você está certíssimo, Marquêra! O Queen é tão atemporal quanto os Beatles, Zeppelin, Sabbath, etc. Abração, meu velho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: