ROBERT PLANT: “EU QUASE DEIXEI O ZEPPELIN EM 1977”

1 11 2010

Fonte: Classic Rock

Em entrevista para a BBC, o lendário vocalista Robert Plant revelou que a morte de Karac, seu filho de cinco anos, quase o fez deixar a banda para ser professor.

“Todos nós estávamos pensando sobre o que aconteceria depois, porque a ilusão havia chegado ao fim. Eu já havia perdido meu menino, e então você pensa, ‘eu realmente tenho que decidir o que fazer’. Me candidatei a professor do sistema de educação criado por Rudolf Steiner e fui aceito para fazer o curso de treinamento para professores em 1978. Eu realmente estava decidido a ir embora”.

Foi John Bonham quem convenceu Plant, o persuadindo a ficar na banda. Isto tornou a morte do baterista em 1980 um momento particularmente difícil para o frontman.

“John havia sido um incrível apoio para mim, então perdê-lo pôs fim a qualquer resquício de ingenuidade. Era muito evidente que minha última conexão havia sido cortada. Em se tratando de assuntos do coração e união, tudo havia ido embora”.


Ações

Information

2 responses

17 12 2010
rαchelviαnnα

Imagine Professor “Old lion” no meio das estudantes?! kuahahaha!

Mas, ainda bem que ele mudou de idéia. O Rock, e sua falta de originalidade dos dias de hoje, agradece imensamente! :d

17 12 2010
Gabriel Gonçalves

rs… Seria no mínimo engraçado, Rachel. Mas olha que o old lion está mais para elder lion hoje em dia, hein, rsrs? Você tem toda razão: ainda bem que ele permaneceu na música. Bjão!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: