O DIA DE HOJE NA MÚSICA: 28 DE OUTUBRO

28 10 2010

Fonte: This day in music

Nasceram na data de hoje:
1941: Hank Marvin (The Shadows)
1957: Stephen Morris (Joy Division)
1958: William Reid (The Jesus and Mary Chain)
1959: Neville Henry (The Blow Monkeys)

Em 1956, Elvis Presley fez sua segunda aparição no programa de TV norte-americano “The Ed Sullivan Show”, ocasião na qual o apresentador Ed Sullivan entregou a Elvis um disco de ouro pela canção “Love Me Tender”.

Em 1957, após um show no “Pan Pacific Auditorium”, em Los Angeles, a polícia local disse a Elvis Presley que ela não tinha permissão para rebolar no palco. A imprensa local publicou matérias dizendo que Elvis teria que “limpar” sua performance. Na noite seguinte, o esquadrão de Polícia de Los Angeles filmou o show inteiro, para estudar seus movimentos.

Em 1958, Buddy Holly apareceu no programa “American Bandstand” de Dick Clark, onde ele emendou duas canções: “Heartbeat” e “It’s So Easy”. Este seria a última grande aparição de Holly na TV.

Em 1961, Raymond Jones entrou na loja de discos de Liverpool, “NEMS”, procurando o disco dos Beatles que havia sido lançado na Alemanha. O gerente da loja, Brian Epstein, prometeu investigar mais a fundo sobre a banda.

Em 1962, os Beatles tocaram no “Empire”, em Liverpool, seu primeiro show no melhor teatro de Liverpool. Oito atrações estavam agendadas, incluindo Little Richard, Craig Douglas, Jet Harris e Kenny Lynch & Sounds Incorporated.

Em 1964, a primeira das duas noites do “The Tami Show” foi realizada no “Civic Auditorium”, em Santa Monica. O show contava com Smokey Robinson & The Miracles, Beach Boys, Chuck Berry, Marvin Gaye, The Supremes e os Rolling Stones.

Em 1967, o álbum “Greatest Hits” de Diana Ross & The Supremes iniciou uma estadia de cinco semanas no topo das paradas norte-americanas.

Em 1972, o “United States Council for World Affairs” anunciou que estava adotando a canção “Join Together”, do The Who, como seu hino oficial.

Em 1974, o artista de Reggae jamaicano Ken Boothe estava no topo das paradas britânicas com seu single que trazia uma versão para a canção “Everything I Own”, do Bread. Boy George levou novamente a canção para o topo das paradas em 1987.

Em 1974, David Bowie fez o primeiro de sete shows esgotados no “Radio City Music Hall”, em Nova Iorque. As apresentações faziam parte da  “Diamond Dogs Tour”.

Em 1978, o Queen fez a primeira apresentação da turnê “Jazz”, no “Dallas Convention Center”, em Dallas, Texas. A turnê totalizava 79 datas.

Em 1982, o The Jam anunciou que estava se separando no fim da turnê britânica.

Em 1997, o baterista do R.E.M., Bill Berry, anunciou que estava deixando a banda, após 17 anos, para se tornar um fazendeiro.

Em 2001, o álbum “God Bless America”, que trazia vários artistas, chegou ao topo das paradas norte-americanas. O disco trazia faixas de Bruce Springsteen, Bill Withers, Celine Dion, Mariah Carey, Bob Dylan e Frank Sinatra.

Em 2004, Courtney Love foi a julgamento acusada de agressão com arma mortal, após Kristin King dizer ao tribunal de Los Angeles que a Sra. Love atirou uma garrafa e uma vela acesa nela, ao aparecer de madrugada na casa de um ex-namorado. King disse à corte que Love estava perversa e instável quando supostamente a atacou, enquanto King dormia no sofá, no dia 25 de abril. Ela disse que Love sentou nela, puxou seu cabelo e deu um beliscão em seu seio esquerdo, acrescentando que foi o “pior beliscão que já sentiu”, antes de conseguir fugir.

Em 2006, Rod Stewart estava no topo das paradas norte-americanas com o álbum “Still The Same… Great Rock Classics of Our Time”, o quinto álbum do cantor a atingir o nº 1 nos Estados Unidos.

Anúncios

Ações

Information

2 responses

28 10 2010
Marcos Gonçalves

A Courtney ainda era boa nessa foto. Mas se você voltar ainda mais no tempo, para o início dos anos 90 vai perceber que até gata ela já foi. Quanto a gravada e regravada Everyhing I Own, eu, enquanto vítima dos anos 80, a conheci pelo Boy George, rsrs. Mas a original do Bread é muito melhor. Já a do regão não conheço.

28 10 2010
Gabriel Gonçalves

rs…Pois é, Marquêra, também prefiro muito mais a versão do Bread. E você tem razão, meu velho, Courtney já foi uma gata. Mas os excessos a derrubaram bastante. Abração, meu velho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: