DUFF McKAGAN: “FOI ÓTIMO TOCAR COM AXL E O NOVO GUNS N’ ROSES”

22 10 2010

Enviado por: Raquel Hortmann
Fonte: Blabbermouth

O baixista original do Guns n’ Roses, Duff McKagan foi entrevistado ontem, 21 de outubro, na edição matinal do “The BJ Morning Experience”, na rádio “KISW 99.9 FM”, em Seattle, e falou sobre sua aparição surpresa no show do Guns n’ Roses em Londres.

Sobre sua participação no show de sua antiga banda:

“As coisas acontecem na vida, bem loucamente, quando você menos espera que vão acontecer”. “Não falei publicamente sobre isso com ninguém. E realmente, é como… Eu sei que somos pessoas públicas, ou seja lá o que você queira chamar, mas aquilo foi um lance privado, apesar de estarmos num palco tocando em frente a 14 mil pessoas”.

“Ao longo dos anos, especialmente nos negócios e coisas do tipo, se você tem uma ruptura nos negócios, você começa a demonizar o outro. E se esta ruptura é pública, outras pessoas de ajudam a demonizar”.

“Foi meio idiota… Assim que subi no palco na quinta da semana passada, meu e-mail enlouqueceu… Era a “Rolling Stone” e todos os outros, ‘você pode nos dar uma declaração sobre isso?’, e eu não tinha uma declaração”. “Não foi algo tão importante. Foi apenas… Foi ótimo”.

“Fui para Londres na quinta passada. Estava lá a negócios que não tinham nada à ver com música. Fiz o check in no hotel que sempre fico por lá, e o gerente foi me levar ao meu quarto. Então ele fala, ‘você vai tocar hoje a noite?’, e eu disse, ‘não, não, estou aqui a negócios desta vez não irei tocar’. Então ele me olhou de uma forma estranha, ‘O quê? Você não vai tocar esta noite’? Eu não tinha idéia que Axl e o Guns n’ Roses estavam em Londres. Então estávamos subindo no elevador, e ele disse ‘sabe, Axl está no quarto ao lado do seu’. Eu tinha que ir direto para umas reuniões. Todas as reuniões eram… Eu estava numa espécie de sala de reuniões com um quarto – era uma sala de reunião de um lado da parede e um quarto do outro. E eu fui direto para estas reuniões, que eram com pessoas do tipo de ‘Wall Street’. Então era uma reunião bem séria, sobre uns lances no qual trabalhei por um ano. Então lá estou eu nestas reuniões, e mais tarde meu telefone começa a tocar. Eram empresários e gerentes de turnês. A notícia de que eu estava no hotel havia se espalhado. E tudo se resumiu ao simples fato… Axl e eu nos encontramos, nos vimos e nos abraçamos. Fui para o show com ele. Haviam uns caras com nós. Havia muito… Como eu disse antes, você passa por muito coisa nos negócios, e há rupturas e demonizações um do outro, e eu acho que dois velhos amigos apenas talvez tenham superado estas barreiras e tiveram uma bela conversa. Não quero fazer nada aqui que vá baratear aquilo, dizendo qualquer coisa para vocês, mas tivemos um ótimo jantar no dia seguinte ao do show”. 

Sobre estar com seu velho amigo novamente:

“Sim, eu sentia falta disto. Verdade. Eu sentia. E não podia ter acontecido de uma forma mais casual, de verdade”.

Sobre a performance:

“Eu estava assistindo o show, e alguém veio até mim com um baixo… Olha, eu não toco ‘You Could Be Mine’ desde 1993. Muitas das outras canções, como ‘Paradise City’, ‘Mr. Brownstone’ e ‘Its So Easy’ eu toquei com o Velvet Revolver ou com o Loaded, mas ‘You Could Be Mine’… Eu fiquei, ‘Meu Deus. Ok, eu consigo. Acho que me lembro. Tem uma ponte aqui…’. Eu havia me esquecido da segunda parte da ponte, e tive que olhar para o braço da guitarra de Bumblefoot e ver qual seria o próximo acorde. Mas, sim, foi divertido. Me diverti muito”.

“Foi um pouco pesado. Quando as pessoas viram… Não foi tão pesado para mim. Eu estava mais preocupado por causa da banda que Axl montou – músicos muito, muito bons e ótimos caras. Conheci Bumblefoot, Tommy e Frank. E, é claro, há Dizzy. É uma ótima banda e não queria fazer nada que diminuisse o que eles estavam fazendo”.

Sobre se isto aumenta as chances de uma reunião da formação clássica do Guns n’ Roses:

“Não tenho nada a dizer sobre isso. Não é… Eu não sei. Não é algo que eu tenho trabalhado ou planejado. Eu trabalho e me organizo para as minhas filhas na escola no próximo ano, para os meus negócios ou até para o Loaded. Mas este tipo de coisa não é algo no qual eu vá sentar e falar, ‘ok, um dia isto vai acontecer’. Aquilo aconteceu e foi surpreendente, e deixou sua marca, sem dúvida. Após o show em Londres, eu poderia ter ganho um jantar grátis ou serviço de motorista grátis em todos os lugares que eu fui em Londres após o show. Eu meio tive que me esconder. Fui ver Ronnie Wood tocar na terça à noite e tive que tomar cuidado com os ‘tubarões’ ao meu redor, até mesmo no show – era um show privado, e lá estavam os tipos empresários e agentes. De repente eu estava mais bonito do que havia sido quando estive em Londres anteriormente, porque todos estavam me elogiando. ‘Ei Duff, você está ótimo’”.

Sobre se ele acha que o fato dele ter trabalhado sozinho nos últimos anos ajudou a tornar este encontro mais tranquilo:

“Bom, para mim, o grande lance é: ‘Qual minha parte nisso’? Todos podemos olhar para o passado e ficar, ‘ele fez isso comigo e…’. Você tem que se afastar e se olhar no espelho. Qual minha parte nisso? E foi nisso que estive trabalhando nos últimos 10 ou 15 anos, mas realmente nos último cinco, e é um trabalho em progresso. Você sempre se pinta de uma forma mais brilhante sobre o passado de sua vida. Eu poderia ter feitos coisas de uma forma diferente – provavelmente às vezes de uma forma bem melhor; às vezes poderia ter feito pior. Mas eu olho para a minha parte e para minha responsabilidade. Sou adulto. Assumo as responsabilidades por mim e por minhas ações hoje em dia. Não tenho nada a temer e não tenho nada do que me envergonhar. O que eu fiz foi o que eu fiz; o que eu farei é o que eu farei. Eu me divirto fazendo isto agora. Todos os dias eu acordo e falo: ‘ok, vamos lá. Hora da diversão’. Tenho sorte de ainda estar aqui e não me esqueço disto nunca”.


Ações

Information

42 responses

22 10 2010
raquel

OBRIGADAAAA GABRIEL !!! rs rs

Sabia que podia contar com vc

Tradução ficou perfeita… Parabéns pelo trabalho e pela competência

meu inglês é pobre mas vou terminar assim :

VERY NICE , THANKS GABRIEL !!!

hahaha
xauzinho!!!!! 🙂

22 10 2010
Gabriel Gonçalves

rs… Obrigado você, Raquelzinha, por ter enviado o texto para a tradução. Que bom que gostou. Ah, e seu inglê não parece ser pobre, não… Abração!

22 10 2010
BERNAR

Foda demais!!!

Duff é o cara…
Sujeito simpático e humilde!

Agora só falta Slash , Matt Sorum !!!
Já que o Izzy e Duff já foram 🙂

abre o olho Axl… Oh shit!! rs

22 10 2010
Gabriel Gonçalves

rs… Ainda acho que é possível qualquer um voltar a ser amigo de Axl, menos Slash. A não se que role uma revolução na cabeça dos dois, rs… Abração, Bernardo!

22 10 2010
Marcos Gonçalves

Adorei essa entrevista meu velho. Um momento muito especial para o Guns contado por uma dos caras que fez história por lá. Deu pra imaginar os fatos direitinho pela narrativa do Duff. Muito legal.

22 10 2010
Gabriel Gonçalves

Valeu, Marquêra! Duff foi bem sincero na entrevista. Acho que só com o tempo saberemos das consequências desta participação… Abração, meu velho!

22 10 2010
BERNARDO

A não se que role uma revolução na cabeça dos dois

POIS É.. Slash já deixou claro que gostaria sim , de uma 2º chance com Axl Rose.
Até cogitou chamar ele (axl) no seu disco solo , intitulado “Slash” rs rs

Mas o Axl é arrogante e orgulhoso , não vai dar o braço a torcer assim tão facilmente. então vamos aguardar o que rola daqui pra frente.

eu boto fé hahaha
vamos ver…

abraçooooo , parabéns pela reportagem ai

22 10 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Bernardo! Cara, não acho que Slash ´tenha deixado claro que topa uma reunião. Pelo contrário, ele fala uma coisa, diz que não depende dele e tal, depois fala que a possibilidade de acontecer é zero; depois fala que não pensa nisso, etc… Acho que o único que deixou a opinião clara foi Axl, rs. Abração, meu velho!

22 10 2010
leo

slash já deixou claro sua opinião, simples até, ele não tem nada contra uma reunião, a tal reunião não depende só dele até pq o gnr não é apenas ele e axl, e o fato dele achar ke a possibilidade de uma reunião seja 0 eh pelo simples fato de que atitude dos 5 teriam que mudar para voltarem a ser uma banda, inclusive certas atitudes do axl .

23 10 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Leo, tudo certo? Pois é, meu velho, você acabou de confirmar o que eu disse. Slash e os outros caras ficam dando uma de políticos, uma hora diz que não é possivel, depois dá uma esperança pros fãs, falam mas não dizem nada. O único que chegou e falou objetivamente foi Axl: “toco com Duff, Steven e Izzy, mas não toco com Slash”. Ele foi o único. Não tô dizendo que prefiro o Axl, só estou constatando que ele foi o único a dizer alguma coisa concreta. Abração, cara!

22 10 2010
mariza Tronquini

so passei pra conhecer o seu blog parabéns.

23 10 2010
Gabriel Gonçalves

Seja bem vinda, Mariza! Fico feliz que tenha gostado do blog. Grande abraço e volte sempre!

22 10 2010
John V7

Aho que Axl so vai aceitar Slash de volta se Slash pedi de joelhos , se humilhar e fala em publico que Axl é o melhor vocalista de todos os tempos e faria qualquer coisa para tocar com ele denovo , e concorda em não interferir em composisões e aceitar estar do lado de mais 1 ou 2 guitarristas.

23 10 2010
Gabriel Gonçalves

Eu acho que nem isso, John, rs… Nós que estamos de fora só podemos especular sobre o que aconteceu de tão grave entre os dois para haver este ódio bizarro. Lembro que há alguns anos, Slash ficou doidão numa noite, apareceu chapado de surpresa na casa de Axl e disse um monte de coisa, como “você que é foda, os caras do Velvet sao uma fraude” ou coisas do tipo. Acho que teria sido uma ótima oportunidade para Axl se sensibillizar, mas nada… No outro dia a assessoria de imprensa dele já tinha colcocado a história na rua, e Slash não negou, apenas não quis comentar nada, ou seja, foi verdade que aconteceu. Abração, meu velho!

24 10 2010
Valery

Gostei muito, sempre adorei DUFF!! Assim como curti muito IZZY em 2006, foi o máximo!! Mas como PARTICIPAÇÃO, nunca integrar a banda.
Cá pra nós!! MATT e SLASH!!! NUNCA MAIS!!
Sou mais DJ ASHBA, RON THAL, 4TUS, TOMMY, DIZZY e FRANK, AXL continue com esses EXCELENTES musicos.
Adoro AXL, Adoro Guns n Roses

25 10 2010
Gabriel Gonçalves

Olá , Valery! Duff sempre foi um cara cool no Guns – inclusive quando tava todo inchado no show em tributo e Freddie Mercury, rs. Adorei o “Chinese…” mas iria ficar doido se a formação original se reunísse. Como já disse antes, acho que não rola – Axl toca com qualquer um, menos com Slash. Abração e volte sempre!

25 10 2010
claudio alexandre de oliveira

hei gabriel,o axl disse que toca (tocaria) com o steven??confesso que não vi essa matéria,também tenho certeza que não é uma questão do axl aceitar o slash,mesmo porque ele saiu por vontade própria,e vai muito bem obrigado ,não ouvi o disco do axl..então
não posso falar mal,mas a banda original ,não dá pra negar,mata a pau qualquer
formação posterior.

25 10 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Claudio, tudo beleza? Há alguns anos Axl disse que conseguia se imaginar fazendo um som com Steven e tal, inclusive rolou uns encontros… tem umas fotos dos dois por aí pela net. Também não acho que seja uma questão de Axl aceotar Slash, mas os dois se aceitarem. Bicho, escute o “Chinese..” que é do caralho, mas não pode cair na besteira de ficar esperando o som do Guns clássico. Sou outros músicos, com Axl comandando tudo. O “Chinese…” é um discaço! Mas concordo que uma reunião da formação clássica detonaria qualquer formação do Guns que Axl queira fazer. Abraço, meu velho!

25 10 2010
Roberto A

De Ja Vu!
rs

Até Duff, quem, prestou atenção leu, diz que esta atual formação é fodástica. esqueçam de vez isso de reunião, assunto que já deu no saco.
Bom mesmo seria um novíssimo cd, com tudo que Ashba, Bumble e atual voz rasgada de Axl podem oferecer.

I Don’t Need Your Civil War…

25 10 2010
Gabriel Gonçalves

rs… É verdade, Roberto. Duff realmente admitiu que a tual formação é fenomenal, mas sempre fica aquela ponta de esperança, né? Eu também adoraria um novo disco com a formação atual, e espero que não demore mais 17 anos, ou Axl terá que gravar de cadeira de rodas, rs. Abração, meu velho.

25 10 2010
Roberto A

Seria uma incoerência grande Axl disperdiçar o mais estável e versátil time de músicos que ele já teve. e você Gabriel deveria ser o primeiro a desencanar disso de reunião.

abraxx…

25 10 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Roberto! Cara, eu acho que uma reunião do Guns seria espetacular! Se não der certo, Axl pode chamar os caras de volta – te garato que nenhum deles iria negar – portanto não seria nenhum desperdício. Acho que uma reunião é quase impossível, mas gostaria que acontecesse. Ver o Guns clássico valeria à pena totalmente. Abração, cara!

26 10 2010
Roberto A

Tem um dvd ótimo onde você pode se esbaldar…rs..WELCOME TO THE VIDEOS,, todos os clipes dos ‘alumini’…

CAMPANHA “QUEREMOS ÁLBUM NOVO DO GUNS O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL’

26 10 2010
Gabriel Gonçalves

rs… Fala, Roberto! Mas DVD não é a mesma coisa de ver ao vivo. Sem contar que a reunião poderia não ser só para uma turnê. Quem sabe não rolasse uns álbuns? Também gostaria de um álbum do Guns o mais rápido possível, entretanto se uma reunião fosse viável, por mim ficaria tudo em stand by e a reunião seria prioridade. Abração, cara!

26 10 2010
Roberto A

Rapaz, um ‘ser’ tão esclarecido como tú, ficar insistindo numa bobagem dessas…
mas ok! adiante!

26 10 2010
Gabriel Gonçalves

rs… Fala, Roberto! Pois é, meu velho, não acho que seja bobagem. Acho que é perto de impossível de acontecer, mas se puder, por que não? Nunca tive a oportunidade de ver a formação clássica ao vivo; seria sensaional. Não vejo mal em querer que isto aconteça. Se der errado, todos podem voltar aos seus projetos, e pronto… Abração!

26 10 2010
Roberto A

Blz. e o lance do kurt X Axl?

26 10 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Roberto, tô aqui trabalhando na tradução. Achei que esta semana seria mais tranquila, mas pintaram uams matérias pra fazer. Mas espero que a matéria ainda sai esta semana. Abração, meu velho!

26 10 2010
Roberto A

Bacana meu peixe, pois é um puta artigo interessante. qualquer coisa pede ajuda pro google translator,,

kk

ABRAXX

26 10 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Roberto! É muito bom o texto mesmo. No rítmo que estou, acho que consigo publicar na quinta-feira. O Google translator é bom para traduzir vocabulário; frases completas já não sai muito bom. Abração!

27 10 2010
Grace

Lendo esse texto sonhei com uma reunião dos ex-integrantes, formação clássica é claro. Quem dera um dia isso pudesse acontecer, sonho de todo fã de verdade do Guns N’ Roses.

ps: adorei o blog, Gabriel.

27 10 2010
Gabriel Gonçalves

Olá Grace! Espero que venha nos visitar sempre. Li o seu blog também e é bem legal – ri demais da sua listinha de coisas a fazer antes de completar 20 (vou fazer uma lisitinha de coisas a fazer antes de completar 30, rs). Eu fui um daqueles que adoraram o “Chinese…”, mas uma reunião seria fantástico! Tive a sorte de pegar o Guns no auge e assisitir o show do Rock in Rio pela TV, ao vivo, e tenho certeza de que se aqueles caras resolvessem as pendências todas, voltariam a dominar o mundo. Abração e volte sempre, Grace!

29 10 2010
kamilla

tenho 16 anos mas acho esses caras fodas izzy adler duff já tão dentro mas o magnifico slash estou meio em dúvida mas a esperança é a última que morre espero uma volta alias todos esperam e essa volta vai entrar pra história que deus ajude!!

29 10 2010
Gabriel Gonçalves

Oi Kamilla! Sou um pouquinho mais velho que você (só 11 anos, rs) e tive a oportunidade de pegar o Guns clássico na ativa. O show do Rock in Rio II, que vi pela TV, foi algo de fenomenal! Se realmente esta reunião sair – sabe lá quando, rs – seria sensacional. Abração e volte sempre ao nosso blog!

29 10 2010
kamilla

estou anciosa vcs tão vendo que aos poucos tudo está voltando ao seu devido lugar eu sou muito fã mesmo deles nossa nunca vi uma banda manda tão maravilhosa como essa a voz de axl com a guitarra destruidora de slash o baixo de duff a bateria de adler e izzy nossa tem banda melhor que essa !!o som deles que vc viaja nossa vamos rezar pra que eles voltem com puta gás …

29 10 2010
Gabriel Gonçalves

Sinceramente, Kamilla, não tenho tantas esperanças quanto a esta reunião, mas se rolar seria maravilhoso. Abração!

29 10 2010
kamilla

GUNS N ROSES PRA SEMPRE EM MINHA VIDA !!!

29 10 2010
kamilla

GUNS N ROSES FOREVER MY LIFE !!!

30 10 2010
Grace Kelly.

Meu blog não tem nada a acrescentar e é bem tosquinho, escrevo por hobby mesmo.
Voltarei mais vezes aqui, certeza. Adorei o blog, e ainda mais por vce ser um cara com um gosto muito amplo. Na boa, nao gosto de sites que tem opinião mto fechada e critica tudo.
Ah que sorte vce teve, eu nem tinha idade pra assistir, gostar e lembrar =/
Uma reunião clássica do Guns é uma das coisas que mais quero, pena nao estar tão perto da realidade rs.

Eque seu blog continue desse jeito, mto bom.

Bjs.

30 10 2010
Gabriel Gonçalves

Brigadão pelas palavras, Grace! Você escreve por hobby, mas é assim que começa… E seu blog é bem legal, sim; bem divertido. Assim como a maioria dos fãs do Guns, torço por uma reunião, mas sei que é quase impossível; e se não rolar, o Guns, em minha opinião vai muito bem, obrigado, rs. Que venham mais álbuns e turnês com esta formação. Abração!

22 03 2011
chimba

uma banda maravilhosa não pode terminar por uma briguinha, acho que todos integrantes vão voltar a se falar e refazer a maior banda de todos os tempos, esse é meu sonho, GUNS N ROSES seculo 21.

22 03 2011
Gabriel Gonçalves

Fala, Chimba! Cara, o lance é que toda banda acaba por causa de briguinhas. Se estivesse tudo ótimo, a banda não acabaria. Como já disse aqui, adoro a versão atual, mas ficaria alucinado com uma reunião, portanto o que vier tá de bom tamanho, rs. Abração, cara!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: