“PROCESSE TODO O MUNDO”, RECOMENDA BAIXISTA DO KISS SOBRE PIRATARIA

7 10 2010

Enviado por: Raquel Hortmann
Originalmente publicado: Folha Online

“Seja litigioso. Processe todo o mundo. Leve as casas e os carros deles”. A declaração, sobre pirataria virtual de música, é do baixista Gene Simmons, líder da banda Kiss e empresário.

Durante palestra no congresso “Mipcom”, que ocorre entre 4 e 8 de outubro em Cannes, na França, Simmons afirmou que a indústria fonográfica está “dormindo ao volante” e que “não tem colhões para processar todos os jovens universitários sardentos que baixam material (pirata)”.

Para o músico, o fracasso dos esforços das gravadoras para barrar o download ilegal levou à perda de milhares de empregos. “Não há mais indústria”, afirmou.

Simmons foi ao evento para promover o centésimo episódio de seu programa de TV, “Gene Simmons’ Family Jewels”.

Empresário arguto, o líder do Kiss exaltou a linha de produtos licenciados da banda, que inclui porta-jóias, camisinhas, televisores de alta definição e motocicletas.

Confira abaixo o vídeo (em inglês) das declarações de Gene:

Anúncios

Ações

Information

10 responses

7 10 2010
Helton

Acho besteira querer culpar apenas o consumidor pelo fracasso da indústria. No Brasil o caso é mais alarmante ainda. O novo cd/dvd do Down aqui no Brasil importado tá custando em média 100 reais, já eu mesmo importando pago 40 reais e caso precise pagar a taxa de 60% de importação, não vai passar dos 60 reais….40 reais mais barato que comprando em loja. Não apoio a pirataria tenho minha coleção de cds,dvds e tenho 1 PS3 travado e 1 Xbox 360 travado e compro 1 jogo por mes ou nenhum quando não dá (hoje em dia tenho importado tudo isso) , mas procuro dar o devido valor ao trampo dos outros. Quem aqui tem banda sabe que é uma merda ter que pagar pra tocar, não sendo megalomaniaco e querendo ficar rico e tal, mas qualquer tipo de incentivo é sempre bem-vindo, por isso procuro incentivar artistas que gosto ou mesmo as empresas que fabricam os games. Não tenho nada contra quem pirateia, eu sempre baixo musica na internet também, mas procuro sempre comprar os cds que gosto, livros, dvds, games e afins. Afinal de contas escuto tanto tipo de rock que só trabalharia pra comprar cd se fosse comprar tudo que escuto kkkk E não… não sou boyzinho filhinho de papai… acordo todo dia as 6 da matina e vou até as 18 no trampo… de segunda a sexta e quando necessário de sábado ou madrugada e por isso mesmo acho bobagem culpar o consumidor. 1 cd virgem hoje em dia custa 70 cents pra gente, imagina pras gravadoras que compram de centenas de milhares… é tudo barato e nosso preço final é absurdo. E as bandas ganham dinheiro em shows mesmo, como todas elas dizem… é como eu digo… curto muito o Gene Simmons, mas o empresário Simmons é um belo dum pé…..

Abraz

7 10 2010
Gabriel Gonçalves

Fala Helton! Tendo a concordar com você nisso, ams sendo advogado diabo, a declaração de Gene com certeza é baseada na situação socio-econõmica norte-americana, que não é a melhor do mundo, mas está longe de ser ruim. Um CD recém lançado por lá custa em média 15, 20 dólares, que transformando em reais dá o mesmo preço que pagamos aqui, mas o poder aquisitivo lá é infinitamente maior do que o do Brasil. Minha coleção de CD’s e DVD’s é original, entretanto não critico que baixa os discos. Bom, esta é uma discussão bem complexa. Abração, meu velho!

7 10 2010
Helton

Então cara… a média de preço de cds novos lá é 12 dolares….cotando o dólar a R$1,80 seriam R$ 21 reais…. se aqui cds custassem 21 reais, muito mais gente compraria e muitos outros continuariam baixando….vai de cada um pra cada um né? … E correto…a máfia da industria músical é global… e deixando claro… eu curto o Gene Simmons antes que alguem fale alguma coisa…. eu sei que ninguem vive sem dinheiro…

Abração Gazêra!!!

7 10 2010
Gabriel Gonçalves

Pois é… Para mim o grande problema é que a indústria musical se acostumou direcionar seu produtos para a massa que consome música, mas que não gosta de música. Uma gente que, assim como a maioria dos presidentes de graavdoras, não tem o menor respeito pela música. Antigamente as pessoas que consumiam música eram obrigadas a comprar os discos, porque não haviam alternativas, mas agora elas podem baixar gratuitamente e a indústria tomou no c…, porque percebeu tarde demais que quem compra disco é quem gosta de música e não quem consome. Abração, cara!

8 10 2010
Helton

Por isso eu acho que a culpa não é do consumidor e sim da propia indústria… então o certo seria a gente processar as gravadoras e não elas nos processarem hahaha acho que o Gene se equivocou nisso…. o que ele ganha com cd, não é nem troco do que ele ganha com qualquer outro artigo do Kiss… essa choradeira que alguns artistas aderem deveriam ser mais das gravadoras do que deles mesmo… mas criou-se o mito que o lado mais fraco é sempre o mais errado. O Lars fez aquele estardalhaço com o Napster…virou alguma coisa? Infelizmente nem todos tem direito a ter um conhecimento mais amplo e encontrar alternativas como importar os cds e tal. Como eu tenho essas alternativas, isso me ajuda a não piratear ‘tanto’. Estou ajudando a industria local? Com certeza não… estou ajudando apenas meu bolso como colecionador … afinal você importaria o Anthology dos Beatles por 120 reais no máximo ou pagaria 250 comprando aqui no Brasil??? Nosso país é exatamente subdesenvolvido por isso, nosso governantes nos vendem a cultura cara para que poucos possam ter acesso…. e acaba o Tiririca no congresso…..

Abraz

9 10 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Heltão! Pois é, cara, acho que o problema maior é em nosso país pois, como disse, nos EUA e Europa as pessoas em geral tem poder aquisitivo para comprar CD’s e DVD’s. Quanto ao prejuízo maior com a pirataia ser da gravadora, concordo em partes. S estivermos falando estritamente da venda, é correto afirmar isto, o problema é que, por causa disto, as gravadoras agora assinam com artistas e no contrato eles já recebem parte do cachê de show, além de grana dos direitos autorais. A indústria ferrava o consumidor e se ferreou, agoras ela ferra o artista, rs. Abração, cara!

8 10 2010
Marcos Gonçalves

Pronto, Gabera chegou no ponto. Deixa a indústria musical lucrando com a bosta do Restart, Lady Gaga e Justin Biber. Nós ficamos num universo paralelo, mais livre, diferente do que o Simmons propõe. Não há tanta exposição na mídia de bandas de qualidade, que muitas vezes despontam a partir do download ilegal. Mas quando o trabalho é bom a banda acaba lucrando, pois os fãs fazem questão de ter o produto original, comprar camisas e frequentar os shows. O consumismo não deixa de existir com os downloads, pois estamos sempre querendo comprar mais e mais, para o bem o para o mal. Eu mesmo baixei os discos do Maiden, Avantasia, Edguy… Tudo que gosto muito depois faço questão de comprar o original ou de ir ao shows. É uma forma de “registrar nossas identidades” para nós mesmos ou para a posteridade. É como ter um álbum de fotografias, ao invés de fotos no HD. Exemplo melhor que o Maiden pra isso não há.

9 10 2010
Gabriel Gonçalves

Concordo plenamente, Marquêra! E vale registrar que Simmons ou o Kiss nunca processarão alguém por fazer downloads ilegais de álbuns deles, o que significa que o Kiss é uma band que não sofre muito com isto. Abração, meu velho!

11 10 2010
Leonardo

Sinceramente no fundo, no fundo eu acho que ele esta certo. Eu acho uma puta sacanegem o cara baixar mp3s sendo que um CD custa 10 pila.

Claro, isso nos EUA.

Ja aqui no brasil, a coisa é outra, onde um CD custa 40 paus,

Mas é como o pessoal disse, isso so prejudica o artista, pq as gravadoras so lucram mais e mais. Talvez seja por isso que o mundo do rock hj em dia seja o restart, o nxzero, o simple plan e aqueles outros nojos, é o que a massa gosta, vende mais do que a musica de verdade, que é o que a elite pede.

É fato que somos da elite,não sei se financeiramente, mas culturalmente.

PS:nada contra quem gosta de restart ai!
PS²: Gabriel (que gosta) não me xingue.

kkkk

abs a todos

11 10 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Leonardo! Na verdade, o download ilegal prejudica muito mais as gravadoras, porque o percentual que as bandas recebem por venda de disco é ridícula. As bandas fazem dinheiro com shows e merchandise. Esta discussão é bem complexa, por exemplo: a Sony é uma das gravadoras que estão se ferrando por causa disto, por outro lado ela também lucra vendendo aparelhos de som que tocam mp3, CD’s virgens e gravadores de CD’s. É lógico que eles dirão que os gravadores e CD’s são para fazer backups, etc, etc,; e que arquivos mp3 podem ser adquiridos legalmente, mas eles também sabem que não é assim que o jogo funciona. Eles sabem que estão dando munição ao inimigo. Isto é só um aspecto da discussão… Abraço, meu velho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: