PAUL STANLEY, SLASH e JERRY CANTRELL APARECERÃO EM DOCUMENTÁRIO SOBRE A HISTÓRIA DA GUITARRA

22 09 2010

Fonte: Blabbermouth

Paul Stanley (Kiss), Slash (Guns n’ Roses/Velvet Revolver) e Jerry Cantrell (Alice in Chains) são alguns dos astros que aparecerão no documentário “Turn it Up!”, que celebra a história da guitarra. Apresentado pelo ator Kevin Bacon, o filme explora a paixão do homem pela guitarra e seus efeitos nos artistas, guitarristas amadores, cultura pop, história e até na política.

“Turn it Up!” é a história da guitarra, de sua invenção nos anos 30 até seus anos dourados, passando pelo fenômeno do game “Guitar Hero” e as guitarras digitais do futuro. Mas também traz series de histórias sobre a guitarra, onde serão mostrados todo tipo de pessoa, de rockstars a políticos, presidentes de empresas e adolescentes virtuoses, para tentar entender seus vínculos emocionais com as guitarras.

Confira o trailer de “Turn it Up” clicando aqui.


Ações

Information

20 responses

22 09 2010
BERNARDO

trailer de “Turn it Up”

acabei de ver o trailer…

valeu pela tradução da noticia ae Gabriel !!!!

SÓ MUSICO MONSTRO NO DOCUMENTÁRIO HEIN

MUITO FODA

abraço

22 09 2010
Gabriel Gonçalves

Pois é, Bernardo, eu fiquei bem ansioso para assistir este documentário. Tomara que saia logo. Abração, cara!

22 09 2010
raquel

PAUL STANLEY, SLASH e JERRY CANTRELL

muito bom… a entrevista está em ingles 😦
q pena!

mas valeu só por ver grandes guitarristas no vídeo. Como slash , Les Paul , Jimi hendrix , BB king , entre outros!

I LOVE ROCK N’ ROLL hahaha

22 09 2010
Gabriel Gonçalves

Oi Raquelzinha! Olha, eu fiquei doido pra assistir este documentário logo – parece ser muito bom! Tomata que seja lançado logo. Abração!

22 09 2010
BERNARDO

falando em slash , achei 2 videos do caralho do show dele no dia 17 de setembro nos EUA … confere ai ! até que enfim a rotina (set list – repertório) mudou um pouco!

hahahaha

MUITO BOM :

Slash – Borgata Atlantic City 9/17/10

Slash – I Hold On – Atlantic City 9/17/10 HD

ABRAÇOS!!!!

22 09 2010
Gabriel Gonçalves

Legal os vídeos, Bernardo! “We’re All Gonna Die” é uma das minhas preferidas do CD solos dele – e Iggy Pop é foda demais! Tomara que este show venha ao Brasil! Abração!

22 09 2010
Roberto A

slash é o cara. até perdôo ele ter elogiado o jack white…francamente!

23 09 2010
Gabriel Gonçalves

rs… Fala Roberto! Eu não gosto do White Stripes e não conheço o trabalho do projeto paralelo dele, mas parece que ele meio que uma unanimidade entre os velhos rockers. O Alice Cooper também elogiou muito ele numa entrevista. Até eu, que tenho uma aversão ao Whites Stripes, fiquei com vontade de ouvir este projeto paralelo, rs… Abração, cara!

23 09 2010
Gustavo Cavalcante

Sei q Paul Stanley é importante pro rock, mas… ele não deveria
fazer parte dessa homenagem à guitarra, (desculpe Gabi, sei q
tu vai ficar puto) mas… ele fazer parte de uma coisa dessa
magnitude é um absurdo, ao invés do Paul deveria ser o Ace pelo
menos até aí não reclamaria. Todavia deveriam substituir este
Jerry Cantrell e colocar Dave Murray ou Adrian Smith, John Petrucci,
Joe Satriani ou Steve Vai e por aí vai. Alguns desses podiam estar
mas Paul Stanley rs……….. ri muito qdo li isto, até o Janick Gers é
melhor q esse Paul aí (lá vai eu outra vez provocando alguém). rs…

23 09 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Gustavão! Você está certo em dizer que o Paul Stanley não tem o mesmo talento, como guitarrista, do que muitos outros, mas você se confunduiu com o objetivo do documentário. O objetivo, como o próprio release do filme diz, não é mostrar os grandes guitarristras da história, mas traçar a história do instrumento, e mostrar seus efeitos na cultura, nos músicos, na política, etc… E quem melhor que Paul Stanley, pra mim melhor frontman vivo da história, para dar seus depoimentos sobre como a guitarra o afetou, como ele usou a guitarra para construir uma imagem que hioje parece indissociável dele, etc. Se você pudesse fazer uma pesquisa ao redor do mundo, parando pessoas a esmo na rua, e perguntando se elas conhecem Paul Stanley, Dave Murray, Afrian Smith e Janick Gers, te garanto que Paul ganharia de lavada. Ele tem um acesso num público muito maior, portanto acho que o depoimento dele é dos mais importantes para o filme. E outra coisa, cara, corra urgente atrás dos discos do Alice in Chains e discos solos do Jerry Cantrell, porque você vai ver que ele é tão bom guitarrista quanto qualquer um dos três do Maiden. Jerry Cantrell é uma espécie de Zakk Wylde antes dos anaboluzantes, rs. Abração, cara!

24 09 2010
Helton

“Jerry Cantrell é uma espécie de Zakk Wylde antes dos anabolizantes” – FATO. Jerry Cantrell une muito bem Heavy Metal e Country e outra… ele é um PUTA guitarrista sim é só não ter ‘aversão ao grunge’ pra ver isso. Tá que Chains não é lá muito grunge. E falando em Cantrell ser uma espécie de Wylde, foi ele quem gravou o Under Cover com o Ozzy… É dono de um feeling tremendo e uma capacidade matadora… além de ser um PUTA vocal também. John Petrucci,Joe Satriani, Steve Vai não me encantam nada como guitarristas… são donos de tremenda técnica, mas e o feeling??? Nisso Cantrell dá um show.

Abraz

24 09 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Heltão! Pois é, cara, você está certíssimo! Eu gosto muito do Satriani e do Vai também, mas Jerry Cantrell também é fodástico. E você disse tudo: “O Chains não é lá muito Grunge”. Eles foram rotulados desta maneira, porque surgiram nos anos 90 e são de Seattle, mas eles tem uma pegada bem Metal. Abração, cara!

24 09 2010
Helton

Po… mandei uma puta resposta aqui e sumiu pelo jeito =/

24 09 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, meu velho! Pô, cara, vou ver se seu comentário veio para a caixa de spam… Abração, meu velho!

24 09 2010
Helton

O Gabriel, nem esquenta…deve ser a internet aqui do trampo que tá bem ruim hoje.
Abraz

24 09 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Heltão! Cara, na caixa de spams não tinha nada também… Abração, meu velho!

1 12 2010
Carolina

Uma dúvida.., Jerry Cantrell é ótimo,mas todos sabem que ele recebeu uma ajuda excepcional do Staley para ser reconhecido.Em minha opinião o Staley foi um dos melhores vocais do rock e ele dava pegadas diferentes na banda o que era fantástico… Em sua opinião foi uma espécie de traição eles terem retomado a banda com o Willian ? Ou isso é normal? Muitos falam isso,mas eu fico confusa,porque sempre que eles podem eles falam muito do Staley e mostram que sentem sua falta…Obrigada desde já,beijos!

2 12 2010
Gabriel Gonçalves

Oi Carolina, tudo bem? Realmente o Staley foi um mestre em sua função – e o Alice Chains deve muito a ele. Quanto à sua pergunta, não acho que a banda ter voltado com outro vocal seja traição. Tenho um ponto de vista bem pragmático sobre isso: imagine que você funda uma empresa com mais três sócios. A empresa vai conquistando mercado e acaba virando sucesso no mundo todo, mas então um dos sócios morre. Será que os outros três sócios fechariam a empresa para continuar tudo do zero novamente? Sei que o paralelo tem suas falhas, já que numa banda as características pessoais de cada integrante ficam mais em evidência do que numa empresa de outro ramo de negócios, mas ainda assim não acho que seja traição. Os caras trabalharam para fazer da banda o que ela se tornou, então é justo que possam seguir em frente. Beijão e volte sempre!

2 12 2010
Carolina

hum….obrigada, sua opinião é realmente bem coerente, adorei seu blog, tem muita coisa boa 😀

2 12 2010
Gabriel Gonçalves

Obrigado você pela presença, Carolina. Ah, e obrigado pelos elogios também! Bjão e volte sempre!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: