NOVA BIOGRAFIA SOBRE PAUL MCCARTNEY É LANÇADA

16 08 2010

Enviado por: Raquel Hortmann
Originalmente publicado em:
R7

A melodia de Yesterday rondou a mente de Paul McCartney com o insólito nome de Ovos Mexidos até que o baixista dos Beatles conseguiu chegar ao título definitivo da canção durante as férias que iniciou na Espanha em maio de 1965.

O processo criativo da canção foi minuciosamente descrito pelo norte-americano Peter Ames Carlin na exaustiva biografia Paul McCartney: A Life. Carlin situa a origem de Yesterday em uma manhã no fim do outono de 1963.

McCartney acordou na casa da família de sua namorada na época, a atriz Jane Asher, após ter sonhado com uma melodia. O biógrafo nos deu detalhes sobre o processo.

Foi uma coisa mais do que estranha. Ao abrir os olhos em seu quarto na cobertura dos Asher, ele se atirou da cama e foi até o piano da sala de música da senhora Asher, onde seus dedos encontraram a teclas corretas. O músico britânico pensou que havia roubado inconscientemente aquela melodia de alguma outra canção, por isso passou meses mostrando-a a amigos e conhecidos, que lhe confirmaram que nunca a tinham escutado.

Entre as pessoas que ouviram a música estava Dick James, o editor das canções dos Beatles, que, no entanto, não ficou impressionado com a melodia, segundo conta Carlin.

James teve o privilégio de escutar a música das mãos de McCartney, que a interpretou no piano, mas o editor se limitou a perguntar ao músico se ele não tinha outra dessas canções com algum yeah, yeah, yeah, como os que cantava em She Loves You.

McCartney comprovou que aquela melodia lhe pertencia, mas não conseguia encontrar a letra adequada para acompanhá-la. Durante meses a cantou com um texto absurdo que começava com: Scambled eggs…(Ovos mexidos), até que em maio de 1965 ele e Jane voaram para a Espanha para passar férias.

A caminho do litoral meridional de Portugal de carro, enquanto sua namorada assassinava uma música a seu lado, o inquieto Paul começou a dar voltas às palavras que encaixassem no riff inicial.

Então, em algum lugar no meio daqueles campos tórridos e baldios, apareceu a palavra inicial: Yesterday (ontem), conta a biografia. Uma vez encontrada a palavra chave, que expressava à perfeição a melancolia da música, o resto do texto saiu aos borbotões da caneta de McCartney.

Carlin ressalta que McCartney escreveu as palavras de um homem que reflete sobre sua solidão emocional, para tratar da história de qualquer história de amor feita em pedaços.

Já com sua letra definitiva, em uma noite de junho de 1965 Paul apresentou o tema a seus companheiros e ao produtor artístico do grupo, George Martin, que acabou o convencendo a gravar Yesterday com um quarteto de cordas.

O resultado foi impressionante, mas naquela canção já não havia rastro dos outros três membros do grupo. Yesterday foi editada como a penúltima música do álbum Help!, embora não tenha passado despercebida: o selo Capitol a publicou como single nos Estados Unidos.

Há 45 anos a canção foi transmitida pela primeira vez ao vivo durante um concerto dos Beatles para a televisão. Paul ficou no palco sozinho com seu violão e interpretou Yesterday.

“Obrigado, Ringo. Foi maravilhoso”, disse um zombador John Lennon após o número, trocando o nome de Paul pelo do baterista dos Beatles quando o resto do grupo retornou perante o público.

Anúncios

Ações

Information

2 responses

16 08 2010
raquel

boa…. a noticia ficou melhor que a original.. hahahaha
colocaram uma foto ruim no portal r7.com
🙂

grande Paul !!!!

abraços

16 08 2010
Gabriel Gonçalves

rs… Raquel, você está ajudando demais! Muito obrigad 🙂 . Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: