STEVEN ADLER: “AXL, SLASH, IZZY, DUFF E EU SOMOS TODOS IRMÃOS”

11 08 2010

Fonte: Noisecreep

O website “Noisecreep” fez uma entrevista  bem interessante com o baterista original do Guns n’ Roses, Steven Adler, que fala abertamente sobre seus problemas com as drogas, relacionamento com seus ex-companheiros de banda e muito mais.

Confira abaixo com exclusividade a entrevista na íntegra, traduzido para o portugês!

Apesar de todas as peças que a vida pregou em Steven Adler, ex-baterista do Guns n’ Roses, ele permanece para cima e positivo. Enquanto apimenta suas declarações com falas que soam como um homem que lutou muito para se recuperar, Adler assumiu a responsabilidade por suas ações e vícios, e admitiu sua culpa em ter sido expulso da banda que o fez famoso.

Com seu livro, “My Appetite for Destruction: Sex & Drugs & Guns n’ Roses”, que chega às livrarias em 27 de outubro, e com sua banda, Adler’s Appetite, que está atualmente na Estrada, Adler tem muito que fazer. Enquanto as tentações podem bater em sua porta a cada dia, o baterista permanece focado exclusivamente na meta de continuar sóbrio. Uma maneira que ele usa para permanecer forte: olhar para fotos suas, tiradas enquanto estava chapado. Ele também se refere aos seus ex-colegas de Guns n’ Roses como “irmãos”, e fala sobre sua opinião numa sonhada reunião da formação clássica do Guns, dizendo que se todos os cinco se reunissem num quarto, todos chorariam.

Eu acho fantástico que você seja tão pra cima e que tenha um ótimo humor, levando em conta a dura vida que você teve. Como você ainda ama a vida?
Eu amo encontrar todos os fãs e os fãs novos, que fiz ao participar dos programas “Celebrity Rehab” e “Sober House” (Nota do tradutor: reality shows norte-americanos). Há tantos fãs e amigos da “Al Anon” (Nota do tradutor: entidade de atuação mundial de apoio a familiares e amigos de alcoólatras), que me mostraram muito amor, preces e pensamentos! Eu agradeço a todos por isso. É uma grande sensação ter boas pessoas com você, lhe incentivando e rezando por você. Sobretudo, eu não decepcionar a mim mesmo, mas eles me encorajam em não decepcioná-los.

Quando você estava com Howard Stern (Nota do tradutor: radialista norte-americano, conhecido pelo humor escatológico e controverso), realmente fiquei emocionado quando você disse que achava que o GNR havia te decepcionado quando te expulsaram, mas admitiu que aprendeu que foi você quem decepcionou eles. Isto deve ser muito duro de admitir!
Lá estavam eles quatro e eu. A regra de ouro dos bateristas é “bater palmas e pés”, e quando você vive inconsciente, não pode fazer isto com toda a habilidade. Por 20 anos, eu detonei meu corpo, mas estive trabalhando com o Dr. Drew. No começo eu fui ao “Dr. Drew’s Celebrity Rehab” e ele me perguntou se eu queria participar da temporada anterior a que de fato eu participei. Eu ainda não havia terminado de detonar meu corpo. Um ano se passou, ele me perguntou novamente e eu me senti diferente quanto àquilo. Eu estava cansado de estar cansado. Eu quis dar uma chance àquilo, mas não achava que pudesse dar o máximo de mim se não falasse com Slash antes.

Ele então arranjou um encontro entre Slash e eu, sem câmeras. Nós entramos na sala, e eu tive a oportunidade de me desculpar por todas as minhas falhas, por meu emprego na banda, por todas as drogas. Eu pude me desculpar por culpá-lo. Eu pude dizer, “não foi você, fui eu”. Foi um grande peso que saiu das minhas costas. Eu pude começar a seguir em gente com minha vida. Após 35 anos me destruindo, leva um tempo para o corpo e a mente se curarem. Eu fiz o programa, fiz o “Sober House” e quando apareci, estava chapado em heroína. Fui preso, e então, quando me soltaram, me fizeram assistir (o programa), e eu vi quão terrível estava e isto foi devastador para mim. Quando você usa drogas, elas fazem você achar que é a pessoa mais bonita do mundo e que está no topo. Então eu vi a fita e quis nunca mais olhar para aquilo. Se há alguém que você ama e se importa tendo problemas com drogas, mostre a ela uma filmagem dela chapada.

Onde você está agora com sua sobriedade?
Eu tive quatro ou cinco recaídas em dois anos, e estou sóbrio há quase seis meses agora. As recaídas fazem parte da recuperação: eu levanto e sigo em frente novamente. Seis meses atrás eu tive uma recaída numa droga que nunca havia tomado: oxycontin. Foi uma péssima decisão, e duas semanas depois minha esposa tirou fotos minhas e me mostrou. Eu estava desmaiado no corredor de minha casa. Eu olhei para aquilo, liguei para Slash e para o Dr. Drew e perguntei, “vocês podem me ajudar?”. Gostaria de percebido há 20 anos que tinha as melhores pessoas comigo. Eu tive um derrame suave, que afetou a minha fala. Foi como se tivesse que voltar ao jardim de infância para aprender a falar novamente: eu tinha problemas com os “S”. Eu fui preso durante o programa, o que foi a melhor coisa que me aconteceu.  Você pode achar que é a pior coisa, mas depois de passar 35 anos me destruindo, leva tempo até ser curado. As opções eram ir para a cadeia por um ano – e eu já estive lá e não quero voltar – ou passar 90 dias na reabilitação, que foi minha escolha. Na reabilitação, cada minuto é como uma hora… até você perceber que tem uma boa cama. É quentinha e confortável; eles te dão três refeições por dia, e você escuta palavras encorajadoras. Quando estava drogado, não comia nem dormia. 

Quão difícil foi colocar tudo isto em seu livro?
No meu livro, eu falo de quando fui abusado sexualmente por um homem mais velho, e eu tinha mantido isto Escondido dentro de mim. Trabalhar com Dr. Drew… foi uma das muitas coisas que eu mantive dentro de mim. Achava que se dissesse aquilo alto para as pessoas ouvirem, elas pensariam mal de mim ou me sentiria mal comigo mesmo. Mas foi o contrário: eu falei com as pessoas que conseguiram se identificar e pude tirar isto do meu sistema. Eu percebi que achava que os caras da banda haviam me expulsado, mas eles não o fizeram. Eu me expulsei. Eu os culpei por 20 anos por todas as minhas quedas, especialmente Slash, porque tínhamos uma história juntos. Eles não me decepcionaram, eu que os decepcionei. Quando eles me expulsaram, eu tinha duas direções: cuidar de mim e voltar para a banda ou continuar com as drogas. Eu me afundei nas drogas e passei a culpá-los.

Quando terminar esta turnê, chegarei em casa, construirei uma grande fogueira, jogarei eu livro no fogo e deixarei o passado para trás. Não posso mudá-lo, nem voltar atrás – e nem quero voltar atrás. Quero seguir com meu futuro. Em 15 anos posso escrever outro livro.

Você disse que consertou as coisas com Slash. E quanto a Axl?
Eu amo Axl! Slash, Axl, Duf, Izzy e eu somos todos irmãos. Axl e seus advogados não conseguem apagar o que tivemos. Enquanto estivermos vivos, teremos isto. Nós somos irmãos, e o que irmãos fazem? Brigam. Eu posso não gostar deles todo o tempo, mas eu sempre os amarei. Espero que todos eles leiam isto, especialmente Axl. Que coisa especial nós tivemos! Nós estaríamos todos nos abraçando e chorando se estivéssemos juntos numa sala. Nós ainda estamos nos afastando uns dos outros. Nós tivemos algo especial, então vamos aproveitar isso. Poderíamos ser ainda maiores! Não tocamos juntos há 20 anos, seria o maior acontecimento de todos os tempos. Não são muitas pessoas que podem dizer isso. Se Sting e o The Police conseguiram fazer (uma reunião)… Deixe eu te dizer: eu conheci Sting e ele é um filho da puta muito maior que Axl um dia pensa em ser. Se ele pôde fazer com sua banda, então nós também podemos sem problemas. Ainda nos amamos. Nós somos irmãos imbecis e temos que acabar com essa picuinha.

Por último, gostaria de saber como você mantém esta sua personalidade tão positiva? Ela é contagiante.
Eu não me matei e, acredite em mim, eu tentei. É mais fácil se mutilar do que se matar. Eu não morri. Os médicos disseram que eu era bipolar, mas eu não era bipolar: eu estava chapado em cocaína! Eu amo tocar, e isto significa tudo para mim. A única razão para eu ainda estar vivo é que porque Deus tem algo maravilhoso guardado para mim. Eu acredito nisso, e finalmente estou vendo isto.


Ações

Information

40 responses

11 08 2010
Raquel

Eu amo Axl! Slash, Axl, Duf, Izzy e eu somos todos irmãos.

boa!!!!! Mas prefiro o Matt sorum na bateria.. (alfinetada né) hahahahaha

mas deixa pra lá!!!!

Entrevista muito boa com o Steven Adler. Só não gostei quando ele criticou o outro ex-baterista do Guns : Matt Sorum

Ele disse que matt parece uma bateria eletrônica , toca sem alma , sem coração.
😦

Deve ser inveja né ? kkkk

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

rs… Eu li essa entrevista também. Ele deve ser bastante magoado por Matt ter o substituído, mas discordo dele. Pra mim, Matt toca muito, mas é um estilo diferente do Steven. No próprio livro de Slash, ele fala que Steven era um baterista que tocava acompanhando as guitarras, enquanto a mairoia se mira no baixo. Mas entendo a mágoa dele, rs. Ah, e foi um bela alfinetada mesmo, hein, rs? Abração, Raquel!!!

11 08 2010
Helton

Prefiro o Matt também hahaha o começo de You Could be Mine que o diga

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

O começo de “You Could Be Mine” é antológico, mas acho que o Steven não teve tempo de mostrar tudo sabe. Eu acho os dois muito bons, cada qual no seu estilo. Abração, meu velho!

11 08 2010
Raquel

Ah, e foi um bela alfinetada mesmo, hein!
hahaha , pois é!!!

Matt sorum tem curriculo maior que Steven Adler. Tocou no The Cult na década de 90 , ano passado fez uma turnê com o Motorhead de Lemmy Kilmister , entrou para o velvet revolver. Entre outras palavras : Matt Sorum é um baterista renomado e respeitado.

Enquanto isso….. Steven Adler estava se afundando nas drogas!!!!

lamentável , Steven tem que rever alguns conceitos em sua vida, ao invés de ficar criticando companheiros de ex-banda. Já chega o axl rose chamar slash de cancêr e bla bla bla… briga boba !!! hahaha

abraços!!!!!

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

É… realmente o currículo de Matt é mais copleto, o que pesa à favor de Steven é só uma coisa: ele fez parte de um dos melhores discos de Rock n’ Rol da história, rs. Então, por mais que Matt trabalhe duro – e Steven tenha passado 20 anos na sarjeta – quando alguém fala numa reunião do Guns, sempre pensam em Steven ao invés de Matt. Seria fenomenal ter todos os integrantes no palco: Os cinco originais, Matt e Gilby, rs, já imaginou? Abração!

11 08 2010
Raquel

você disse um fato importante : “ele fez parte de um dos melhores discos de Rock n’ Rol da história” O Famoso Appetite for Destruction

Sem contar que ele fez parte da banda original até na década de 90

e quando você falou : quando alguém fala numa reunião do Guns, sempre pensam em Steven ao invés de Matt. concordo também! 🙂

Seria fenomenal ter todos os integrantes no palco: Os cinco originais, Matt e Gilby, rs, já imaginou?

hahahaha.. Seria a maior banda de rock, em integrantes , 2 baterias , várias guitarristas etc. BOAA !!

abraço

abraços

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

Eu adoro quando tem uns malucos que colocam duas baterias no palco, como o Almann Brothers, rs. O Kiss fez isso também no “Unppluged” e ficou sensacional! Só não vou esperar em pé por esta reunião do Guns, rs… Abração, Raquel

11 08 2010
Raquel

Sim….. Kiss é fantástico… 🙂
vou procurar esses vídeos a banda ““Unppluged” no youtube, será que eu acho ?

Só não vou esperar em pé por esta reunião do Guns

Se depender do Senhor Axl Rose , estamos fudidos… Vou ter que nascer de novo para ver isso ou não ? huauhauhahuauhaauhauhauh

abraço!

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

Raquel, com certeza tem no Youtube. As músicas que tem os dois bateristas são “Nothing To Lose” e “Rock n’ Roll All Night”. O Kiss é minha banda preferida, junto com os Beatles; em 1999 quase vou para a recuperação no colégio, porque saí de Salvador pra vir ver o show deles aqui SP, num sábado que eu teria duas provas, rs. Apesar de acompanhado pela TV o show deles no Rock in Rio II, nunca tive a oportunidade de ver a banda da fase clássica ao vivo. Já vi o Guns da fase “Chinese” e já vi o Velvet, mas juntos nunca. Quem sabe um dia? Abração!

11 08 2010
Leandro Custódio

Comparar Steven com o Matt é a mesma coisa que comparar, digamos Pele a Maradona. Estilos e pegada completamente diferentes.

Escolho os dois!

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, meu velho! Realmente são dois estilos diferentes. O Matt tem mais a tal da técnica, enquanto o Steven é intuitivo ao tocar, mas tô com você: escolho os dois! Abração!

11 08 2010
Raquel

hahaha que bacana… meu pai tem a coleção completa dos Beatles , biografia etc. etc.
Aquela formação clássica do Kiss é sensacional né, mas porque Ace Frehley saiu da banda ? não sei o motivo.. Aconteceu há muito tempo né ?

Foi ao show do velvet em SP ? como foi ? Como é ver Slash de perto ?!
você é um homem de sorte!

Tem histórias para contar… Já foi em muitos shows!
isso é ótimo

abraçooooos!

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

rs… Já fui em alguns shows. Mais do que um dia sonhei, mas menos do que gostaria, rs. Ace saiu da segunda vez porque quis; depois da turnê de despedida, o Kiss resolveu continuar mas, para ele, foi realmente uma despedida. O Show do Velvet foi fantástico! Olha pro palco e ver Slah, Duff e Matt foi surreal. Me lembrou meus primeiros dias de Rock n’ Roll, quando Izzy estava prestes a sair da banda. Sem contar que eles tavam abrindo pro Aerosmith, né? Abração, Raquel!!!

11 08 2010
raquel

Gabriel , qual seu email ?

vou mandar noticias diárias para você!
Para o site ficar ainda melhor! 🙂

noticia no blabbermouth.net

Segundo um post no site de fãs do BLACK SABBATH Black-Sabbath.com, Tony Iommi, sua guitarra SG (veja a foto abaixo) foi roubada no show tributo Heaven & Hell, realizado no dia 24 de Julho 2010, no Festival “HIGH VOLTAGE” no Victoria Park, em Londres, em Inglaterra.

Obs: não estou conseguindo mandar a fonte da noticia , juntamente com o link da foto (modelo de guitarra do Tony Iommi)

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

Oi Raquel! Pode mandar pro email imprensarocker@gmail.com que a gente publica 🙂 . Muito obrigado pela ajuda! Abração!!!

11 08 2010
Marcos Gonçalves

Muito boa essa entrevista. Dá até esperanças de ver a formação original novamente.

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

rs… É, Maquêra, a gent fica torcendo para que Axl leia isso e se toque, rs. Mas como disse à Raquel, não esperarei em pé. Abração, meu velho!

11 08 2010
Raquel

Me lembrou meus primeiros dias de Rock n’ Roll, quando Izzy estava prestes a sair da banda. Sem contar que eles tavam abrindo pro Aerosmith, né? Abração, Raquel!!!

SIM…… ME LEMBRO PERFEITAMENTE , SHOW ROLOU EM 2007

só vi uns flashes na Mtv, na época
haha

abraço gabriel

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

Isso, bem na época do auge do apagão aéreo! estava trabalhando numa empresa, na época, e marquei minha passagem pra chegar aqui em SP umas 3 horas antes do show. Resultado: o vôo atrasou e quando passei pelo portão do Morumbi, o Velvet começou a primeira música, rs. mas no final deu tudo certo! Abração!

11 08 2010
raquel

Nossa… que adrenalina… e o novo vocal do velvet ? até hoje nada!

Não gostava do Scott Weiland.. cantor fraquissimo em todos os sentidos.

tomara que agora, arrumem um cara que presta!!!!

gostava dele ?

bye!!

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

As músicas do Velvet ele cantava legal mas as do Guns ficavam meio capengas. Isso não é culpa dele, é mais pelo tom da voz dele. Eu tô achando que quem vai acabar no Velvet é o Myles Kennedy, rs. Quem viver, verá! Abração!!!

11 08 2010
RAQUEL

Eu tô achando que quem vai acabar no Velvet é o Myles Kennedy, rs. Quem viver, verá! Abração!!!

também achooooo.. já pensei nisso!

vamos aguardar…. abraçooooooo

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

Pois é… Vamos ver. Quando acabar as turnês de Slash, ele deve anunciar alguma coisa sobre o Velvet, e aí ficaremos sabendo quem será o novo vocalista dos caras. Abração, Raquel!

11 08 2010
Leandro Custódio

O Slash comentou em uma entrevista que ele ja foi convidado, mas ele nao aceitou pq ja tem outra banda.

Ja que pode sonhar, seria animal o Steven Tyler no Velvet, mas duvido que role!

abraco veio!

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

rs… É, acho difícil o Steven Tyler, rs. Eu ainda aposto no Myles Kennedy. Vamos ver… Quem sabe não rola o primeiro bolão do Imprensa Rocker, rs? Façam suas apostas em quem será o próximo vocalista do Velvet e concorra a uma foto autografada do blogueiro em trajes de banho, rs – a verdadeira visão do inferno!!!!! Abração, meu velho!

12 08 2010
Leandro Custódio

Nossa, to fora cara….
Boa sorte!

12 08 2010
Gabriel Gonçalves

rs… Ainda bem. Ficaria receoso se você quisesse participar, rs. Abração, meu velho!

11 08 2010
RAQUEL

Façam suas apostas em quem será o próximo vocalista do Velvet e concorra a uma foto autografada do blogueiro em trajes de banho, rs – a verdadeira visão do inferno!!!!!
EU RI DEMAIS

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

hahahahaha… fodaaaaaaaa !!!!!!!!!

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

rs… Esse vai ser o pior bolão da história! Nenhum participante, rs. Abração, Raquel!

11 08 2010
Raqueel

TENHO MAIS NOTICIAS , GABRIEL!
confere ae… 🙂

______________________________________________________________________________

O novo álbum da banda de Zakk Waylde, Black Label Society, chamado “Order Of The Black”, está disponível para streaming na íntegra, no site “AOL Music”

Ouça o novo álbum no link abaixo:

http://music.aol.com/new-releases-full-cds/#/6

Confira o set list do “Order Of The Black”:

01. Crazy Horse
02. Overlord
03. Parade Of The Dead
04. Darkest Days
05. Black Sunday
06. Southern Dissolution
07. Time Waits For No One
08. Godspeed Hell Bound
09. War Of Heaven
10. Shallow Grave
11. Chupacabra
12. Riders Of The Damned
13. January

Assista ao vídeo de divulgação do álbum.

fonte: http://www.roadrunnerrecords.com/blabbermouth.Net/news.aspx?mode=Article&newsitemID=144233

11 08 2010
Gabriel Gonçalves

Oi, Raquel! Amanhã eu vou publicar uma entrevista com o Zakk Wylde e essa notícia é perfeita para ser o gacho da matéria. Obrigado mais uma vez. Abração!!!

3 09 2010
carolina

esse cara e o maior baterista do mundo sem palavras pra ele

4 09 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Carolina, tudo bem? O Steven é sem dúvida um baterista singular. Como ele mesmo disse, ele baseia sua bateria nas guitarras e não no baixo – que é o normal – criando uma técnica única. Adoraria ver um show do Adler’s Appettite. Muito obrigado pela visista e volte sempre!

3 09 2010
carolina

seria o maximo se a formarcao original voltaxe=)axl,slash,duff,izzy e o steveN ate mesmo Com o gilby Seria o acontecimento d todos os tempos Mas mesmo separados os manda muito bem amu muito eles…

4 09 2010
Gabriel Gonçalves

É verdade, Carolina, seria sensacional se os cinco voltassem a tocar juntos, mas sinceramente não vejo isto acontecendo nem num futuro distante. Quando os fãs do Kiss – eu incluso – passaram anos sonhando com uma volta da formação original, era um sonho que todos sentiam ser possível; já no caso do Guns, não tenho a mesma sensação. Acho mais fácil Paul McCartney fazer uma turnê junto com Ringo sob o nome de Half Beatles, rs. Abração, Carolina, e volte sempre!

5 09 2010
carolina

Adorei essa entrevista do steven ,adoraria ler uma tambem do duff (parabens)

5 09 2010
Gabriel Gonçalves

Oi Carol, tudo bem? Eu também gostaria de ler uma entrevista do Duff, mas parece que o homem não muito de falar, rs… Abração!

3 10 2010
AURIJUNIOR DOS SANTOS BEZERRA

OI GABRIEL BELEZA EU QUERIA MUITO SOU DO NORDESTE MAIOR NUMERO DE FAS QUEGUNS JA TEVE É AQUI NO NORDESTE TODO MUNDO CONHECE . QUERIA VER MUITO O STEVEN ADLER TOCAR COM OS GUNS DE VOLTA ERA MEU SONHO DA MINHA VIDA VER A FORMAÇAO ORIGINAL MAIS PARECE QUE NINGUÉM NOS ESCUTA OU NAO VER …UM ABRAÇO

3 10 2010
Gabriel Gonçalves

Fala, Auri, tudo certo? Cara, sou do Nordeste também – nasci em Salvador e vivi 26 dos meus 27 anos aí. Eu sinceramente não tenho esperança nenhuma de ver o Guns original reunido. Lembro que há alguns anos chegou a ser agendado uma apresentação do Adler’s Appetite em Salvador, mas foi cancelada. Quem sabe não rola na próxima turnê deles? Abração, cara, e volte sempre!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: