FUMAND… OPS… APAGANDO AS VELINHAS! PARTE IV

30 05 2010

É hora de enviar as congratulações para os caras que têm o melhor trabalho do mundo! Apesar de alguns acharem que vão ter 20 anos eternamente, a idade chega até para os rockstars, e são nestes dias que o IMPRENSA ROCKER estará pronto para lembrar do acontecimento.

O mês está chegando ao seu fim, e os últimos aniversariantes de maio serão conhecidos agora:

John Bonham (Led Zeppelin): 31 de maio de 1948 (morreu em 25 de setembro de 1980)
Scotti Hill (Skid Row): 31 de maio de 1964
Ron Wood (Rolling Stones): 1 de junho de 1947
Charlie Watts (Rolling Stones): 2 de junho de 1941
Ian Hunter (Mott The Hoople): 3 de junho de 1939
Michelle Phillips (The Mamas & The Papas): 4 de junho de 1944
Tom Evans (Badfinger): 5 de junho de 1947 (morreu em 19 de novembro de 1983)
Nicko McBrain (Iron Maiden): 5 de junho de 1952

Com toda a certeza esta foi a edição mais difícil de destacar um ídolo para contar sua história aqui. Escolheria John Bonhan, entretanto todo mundo conhece as desventuras de “Bonzo”. Após muito ponderar, o escolhido para ter sua vida contada neste blog é nada mais nada menos que…

Ian Hunter!

Nascido Ian Hunter Patterson, em Shropshire, Inglaterra, o músico alcançou popularidade como vocalista/guitarrista da banda de Hard/Glam Rock, Mott The Hoople, que durou de 1969 até 1974.

Após vários anos tentando um lugar ao sol na indústria musical, em 1969 Hunter entre no Mott The Hoople, que logo se torna sucesso na Inglaterra. A banda então rumou para os Estados Unidos, onde não conseguiram chamar muita atenção, apesar de seus shows serem sempre cheios.

Em 1972 a banda anuncia seu fim, mas David Bowie, um grande fã do grupo, oferece a eles uma canção que acabara de compor: “All The Young Dudes”. A música é responsável por levar o Mott The Hoople ao 3º lugar nas paradas britânicas, o que deu um novo sopro de vida à banda.

Finalmente as coisas se ajeitaram e o grupo soltou três álbuns – “All The Young Dudes”, “Mott” e “The Hoople” – que venderam muito bem, trazendo grandes hits, como “Roll Away The Stone” – esta música é uma preciosidade! – e “Golden Age of Rock n’ Roll”.

Em 1974 Hunter deixou a banda, que continuou sob o nome de The Mott and Brithish Lions, para seguir carreira solo. Seu trabalho fora do Mott alcançou certo sucesso comercial, com alguns hits, por exemplo, “Once Bitten, Twice Shy” e “Cleveland Rocks”. Em 2009, Ian Hunter anunciou que o Mott The Hoople se reuniria para dois shows no Hammersmith Apollo, em Londres, entretanto a banda teve que adicionar mais três datas para dar conta da demanda por ingressos.

Atualmente o cantor está na estrada com sua banda de apoio, a Rent Band, detonando em palcos europeus.

Semana que vem mais estrelas do Rock n’ Roll estarão envelhecendo aqui no IMPRENSA ROCKER!


Ações

Information

4 responses

1 06 2010
Marcos Gonçalves

Graaaaande escolha, fugindo do óbvio. Conheci o Mott The Hoople através de você, que inseriu “Rollaway The Stone” na trilha sonora do filme “4 Baianos em Interlagos 2, a Missão”, do qual ambos fazemos parte. Gostei dessa música no ato, principalmente junto com as fotos da nossa aventura passando ao fundo. Uma combinação que jamais esquecerei. Depois disso baixei a coletânea dos homi e vi que a banda realmente me agrada. É presença garantida no meu celular, para escutar, relaxar e me animar – sobretudo nas teneborsas viagens de avião, as quais procuro combinar com uma cervejinha e um rivotril.

2 06 2010
Gabriel Gonçalves

Pois é, esqueci de mencionar que “Roll Away The Stone” fez parte da trilha desta grande obra audiovisual brasileira, rs. O Mott The Hoople foi banda que me bateu de primeira, muito boa mesmo. Agora um puxão orelha: pô, Marquêra, este é um blog de família, e você fica ensinando às crianças que aqui frequentam a focarem doidonas, rs? Abração, meu velho.

1 06 2010
Ricardo Frota

Complicado… Pra mim, os meus preferidos são:
Michele Philips, Watts, Wood e Tom Evans!
Talvez goste mais de Michele! LINDA!

2 06 2010
Gabriel Gonçalves

Pô, meu velho, enquanto fazia este texto imaginei quais você escolheria, já que foi uma lista bem 60′s, rs. No final fiquei na dúvida entre Tom Evans e Ian Hunter. Abração!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: