ESPECIAL: SEMANA RONNIE JAMES DIO

17 05 2010

Ontem, 16 de maio, às 7h45, morreu o grande Ronnie James Dio, aos 67 anos de idade. Como informado ontem, o IMPRENSA ROCKER fará desta semana a SEMANA RONNIE JAMES DIO, quando postará todos os dias um texto sobre a vida e carreira deste que foi o definitivo vocalista de Heavy Metal.

Aqui vai a primeira parte deste especial: senhoras e senhores, eu lhes apresento Ronnie James Dio!

O COMEÇO: ELF

Ronnie James Dio nasceu Ronald James Padavona em 10 de julho de 1942, nos Estados Unidos – cidade de Portsmouth – sendo o filho único de uma família Italiana.

Seu primeiro instrumento foi o trompete, e até chegou a gravar alguns singles com bandas de Rockabilly, ainda muito jovem. No ginásio ele entrou numa banda chamada The Vegas Kings, onde tocava baixo, entretanto acabou se tornando o vocalista do grupo, que em 1958 gravou um single como Ronnie & The Red Caps.

Dio é o primeiro, da esquerda para a direita.

Ronnie usou o nome “Dio” pela primeira vez em 1961, e posteriormente a banda passou a se chamar Ronnie Dio & The Prophets. Após o lançamento de mais alguns singles, novamente a banda mudou seu nome em 1967, passando para The Elves, que passou a ser Elf dois anos depois.

O Elf durou até 1975, e seu primeiro disco, auto-intitulado, foi produzido por Ian Paice e Roger Glover, baterista e baixista do Deep Purple, sendo que o Elf abriu diversos shows da trupe britânica, alcançando certo reconhecimento. A banda ainda lançou mais dois álbuns, Carolina County Ball e Trying to Burn The Sun, antes de encerrar as atividades.

Capa do debut do Elf.

Em 2009 Dio chegou a declarar na imprensa que uma reunião do Elf não seria uma possibilidade tão remota assim. “Andei falando com David Feinstein (guitarrista do Elf e primo de Dio) sobre reunir a banda, e com certeza é uma possibilidade”, revelou Dio. Ele ainda acrescentou que “só acontecerá uma tour do Elf se pudermos lançar um novo álbum, o que significa trabalhar nas canções antigas, que eu acho terem ficado com qualidade abaixo das possibilidades nos discos, e compor material novo”.

O Elf posa para foto. Dio é o quarto, da esquerda para a direita.

Em 1974, Roger Glover convidou Dio para cantar em seu álbum solo, batizado de The Butterfly Ball and The Grasshopper’s Feasts. A performance de Dio chamou a atenção do guitar hero Richard Blackmore, que tinha acabado de deixar o Deep Purple, e estava procurando músicos para formar o Rainbow.

A partir daí, a curva para Dio só fez ascender, mas esta é uma história para a próxima parte do nosso especial SEMANA RONNIE JAMES DIO.

Discografia do Elf:

Elf – 1972
Carolina County Ball – 1974
Trying to Burn the Sun – 1975
The Gargantuan (coletânea) – 1978
The Elf Albums (coletânea) – 1991

Elf: Never More (1º álbum).

Anúncios

Ações

Information

2 responses

20 05 2010
Murdock

Cara, essa foto do Dio de topete vale por todos os posts!!

20 05 2010
Gabriel Gonçalves

Rs. Fantástica foto, né? O baixinho numa fase mais almofadinha, rs. Obrigado pela visita e volte sempre, cara!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: